Reunião vocacional, 2 de janeiro de 2018

Em 2 de janeiro nos encontramos no noviciado de Pallejá um bom grupo de irmãs de diferentes comunidades para celebrar nosso encontro vocacional. Aqui apresentamos um breve resumo do conteúdo da reunião feita pelo Hnas. Dorothea Martorell e Teresa Térmens.

Como motivação inicial, o vídeo do “hino em homenagem aos mártires do século XX” foi projetado. Ajudou-nos a concentrar-nos no tema da reunião; A beleza de sua música e letras nos aproximou dos 16 mártires que em breve serão beatificados e, em particular, às nossas irmãs Andrea, Mª Auxilio e Patrocínio: eles morreram com seu olhar sobre Cristo: “Eles fixaram seus olhos em Cristo e não mais voltou”.

Sr. Purificação Robredo, da comunidade de Barcelona-Sants, deu-nos uma exposição muito completa de cada um deles, em seu itinerário de pequeno até a sua morte, destacando principalmente o seu testemunho de vida consagrada e sua bravura e doação total para a Igreja E o pai das misericórdias.

Em sua conferência, Sr. Purificação descreveu o clima sócio-político da Espanha entre os anos 1931-1936 acentuando o tema da perseguição religiosa. Tornou-se claro que nossas irmãs foram vítimas desta perseguição e morreram por causa do ódio da fé cristã que se espalhou nessa sociedade. Ele argumentou, também, que nessas circunstâncias difíceis, nosso Instituto permaneceu fiel a Jesus Cristo e à igreja.

As irmãs Andrea, Mª Auxilio e Patrocínio foram autênticos seguidores de Cristo que deram sua vida por eles. Eles foram assassinados na plenitude da vida porque eram religiosos, isto é, por sua rendição a Cristo e aos irmãos.
Seu silêncio e sua oração no caminho do martírio eram uma expressão de sua firmeza na fé e na caridade. Sua confiança na oração através da oração à Virgem Maria (com o Rosário em suas mãos) e as invocações ao Sagrado Coração de Jesus foram suas últimas palavras antes de desistir de suas vidas. Que grande graça ter três irmãs da nossa congregação e vê-los proclamados mártires pela Igreja! Tudo isso nos desafiou a todos e cada um de nós se perguntando como testemunhar Cristo em nosso mundo hoje.

Neste dia intenso oramos antes do Mais Santo exposto, oramos o Rosário com referências aos mártires em todos os mistérios, participamos da Eucaristia presidida pelo frade Josep M. Segarra, ofmcap e também tivemos um belo tempo de recreação dirigido pelo Jovens formados a partir do noviciado e do júniore.

“Como as nossas irmãs querem ser.  Dê nossas vidas, junte as mãos e prepare-se para um novo amanhecer.”